Skip to:

FacebookTwitterFlickrYoutubeFeed RSS

  • Aumentar
  • Diminuir
  • Normal

Current Size: 100%

01/11/2018 - 16:44 - Atualizado em 01/11/2018 - 17:27
UFU divulga chamada para propostas de arte e cultura
Programa contemplará projetos de estudantes, professores e técnicos da instituição
por Autor: 
Mariana Oliveira
Por: 
Richard Militão/Dicult

O Programa financia trabalhos das áreas de arte e cultura com bolsas de até R$ 8 mil. (Foto: Milton Santos)

 

A Pró-reitoria de Extensão e Cultura (Proexc/UFU) juntamente com a Pró-reitoria de Assistência Estudantil da Universidade Federal de Uberlândia (Proae/UFU), torna pública a abertura de inscrições para a apresentação de propostas visando o desenvolvimento de ações de arte e cultura coordenadas por estudantes, docentes e técnicos, em todas as cidades onde a UFU possui sede: Ituiutaba, Monte Carmelo, Patos de Minas e Uberlândia.

 

O Programa Institucional de Apoio à Cultura (Piac), de execução e acompanhamento de responsabilidade da Diretoria de Cultura (Dicult/UFU), é composto por duas convocatórias independentes: I) Docentes e Técnicos, voltada para professores e técnicos que atuam na UFU; e II) Estudantil, especificamente direcionada aos estudantes com vínculo ativo na instituição durante a realização de projetos. Os editais contam com recursos próprios do orçamento UFU e do Plano Nacional de Assistência Estudantil (Pnaes), visando o estabelecimento de regras para a participação no programa e a ampliação das oportunidades de solicitação de apoio às ações de arte e cultura, com atendimento em fluxo contínuo, mediante objetivo, requisitos e critérios estabelecidos no certame.

 

O principal objetivo do Piac é apoiar o desenvolvimento de ações artísticas e culturais que promovam o fortalecimento da cultura integrada ao ensino, à pesquisa e à extensão de modo indissociável, ampliando a atuação da universidade pública com as transformações sociais e o fortalecimento da cidadania. Além disso, o programa busca viabilizar a igualdade de oportunidades e contribuir para a melhoria do desempenho acadêmico dos estudantes envolvidos.

 

 

A professora Carla Worlkers menciona que o apoio institucional via Piac permitiu que o evento "I Color Run UFU" - coordenado por ela - fosse amplamente divulgado na comunidade do município de Ituiutaba por meio do material gráfico fornecido. Worlkers ainda completa: "Essa divulgação possibilitou ao evento atingir um público acima do esperado, com a maciça participação dos moradores do município que não estão inseridos no contexto da universidade, gerando um impacto positivo na sociedade ao redor do campus". Já o estudante Luiz Prado, coordenador do projeto "Teatro do Oprimido" afirma que "no cenário crítico que se anuncia, entendemos a arte como arma contra a opressão, terreno sagrado de existências, resistências e re-existências; possibilidade inesgotável que se forma através dos encontros e dos afetos. O Piac viabilizou a existência desse espaço, e assim podemos nos apropriar de ferramentas artísticas num mundo onde saber se expressar é um meio solucionador de problemas".

 

Novidades para 2019

 

Considerando seus quase dois anos de existência, é possível observar os impactos do Piac na comunidade UFU e, ao mesmo tempo, traçar novos horizontes a partir de uma avaliação dos resultados e também das experiências relatadas pelos coordenadores das propostas ao longo desse período. De acordo com o Diretor de Cultura da UFU, Alexandre Molina, “a realização de quase dois anos do programa demonstra a importância da instituição garantir uma linha específica de apoio à ações de arte e cultura no contexto da universidade”. Ainda segundo Molina, a UFU dispõe de agentes culturais atuando em diversas frentes, são estudantes, professores e técnicos que atuam no campo das artes e da cultura. “Ao fomentar essa produção, a instituição contribui para um ambiente mais humano e crítico na universidade, tanto para os estudantes que passam em média 4 ou 5 anos em formação, como para os servidores que aqui trabalham. Além da sociedade que também é beneficiada com as ações apoiadas pelo Piac”, completa.

 

Tomando como base essa avaliação, para a edição de 2019 está garantida também a participação de estudantes dos cursos de pós-graduação da UFU. Com isso, o Piac-Estudanil contará com um bônus de R$ 24 mil, que serão destinados a propostas apresentadas por estudantes da pós-graduação. Esse valor será distribuído proporcionalmente entre os meses de março a dezembro de 2019, respeitando o calendário fiscal da UFU por meio de três chamadas anuais. Para essa entrada específica dos alunos da pós-graduação, a UFU dispõe de orçamento oriundo de recursos próprios, já que a verba Pnaes é exclusiva para atendimento de estudantes da graduação.

 

Para a edição de 2019, o programa contará com um montante de R$ 174 mil, sendo R$ 70 mil para a convocatória de Docentes e Técnicos e R$ 104 mil para o Estudantil. Vale ressaltar, que o edital é organizado em três categorias de valor: Categoria 1: ações de até R$ 3.000,00; Categoria 2: ações com valores entre R$ 3.001,00 e R$ 5.000,00; e Categoria 3: ações com valores de 5.001,00 até R$ 8.000,00, tanto nas propostas do Piac-DocTec como nas do Piac-Estudantil.

 

Outra novidade é que o Piac estimulará a realização de ações nos espaços da UFU. Essa medida buscará ampliar a participação da comunidade universitária no contexto de sua atuação diária, considerando ainda os intervalos das atividades acadêmicas e os horários de transição (entre turnos). Assim, as ações propostas para os campi Santa Mônica, Umuarama, Educação Física, Glória, Pontal, Monte Carmelo (Araras) e Pavonianos (Patos de Minas) terão um bônus em sua avaliação. Além disso, nesse recorte de espaços UFU serão considerados também os museus universitários, centros de documentação, Casa de Cultura Graça do Aché, incubadoras, sede do Coral da UFU e demais espaços geridos pela instituição.

 

O Programa Institucional de Apoio à Cultura também terá seu processo de inscrição simplificado para 2019. Os formulários específicos de solicitação de serviços deverão ser apresentados apenas após a seleção das propostas. Somente as informações necessárias à avaliação do mérito dos projetos serão consideradas na primeira fase da seleção. Além disso, a verificação da elegibilidade dos proponentes será feita pela equipe da Dicult, o que elimina a necessidade de apresentação de comprovante de matrícula ou de identidade funcional no ato da inscrição, por exemplo.

 

Inscrições

 

 

 

Inscrições:

Tanto o Piac-DocTec como o Piac-Estudantil seguem um cronograma de inscrições que é dividido em três chamadas anuais e as propostas devem ser enviadas exclusivamente para o e-mail específico de cada convocatória, conforme indicado no texto de cada edital. Vale ressaltar que a proposta deve ser enviada como anexo ao e-mail em arquivo único, no formato PDF, com até 5MB.

 

Confira o cronograma de solicitações para os projetos:

 

1ª Chamada:

Limite para submissão da proposta: Até 23h59 do dia 26 de novembro de 2018

Ação: 11 de março a 30 de junho de 2019

 

2ª Chamada:

Limite para submissão da proposta: Até 23h59 do dia 25 de março de 2019

Ação: 1º de julho a 16 de setembro de 2019

 

3ª Chamada:

Limite para submissão da proposta: Até 23h59 do dia 3 de junho de 2018

Ação: 17 de setembro a 31 de dezembro de 2019

 

Para mais informações ou pedidos de esclarecimentos sobre o Piac, entre em contato com a equipe da Dicult, através do e-mail difoc@proex.ufu.br ou pelos telefones (34) 3291-8941 e (34) 3291-8947.

Edital nos links: Piac Docentes e Técnicos ou Piac-Estudantil.

 

Av. João Naves de Ávila, 2121 - Campus Santa Mônica - Uberlândia - MG - CEP 38400-902

+55 34 3239-4411 | +55 34 3218-2111

© 2020. Universidade Federal de Uberlândia. Desenvolvido por CTI, com tecnologia Drupal