Skip to:

FacebookTwitterFlickrYoutubeFeed RSS

  • Aumentar
  • Diminuir
  • Normal

Current Size: 100%

29/01/2020 - 17:22 - Atualizado em 05/02/2020 - 08:29
Editora da UFU prioriza obras digitais
Mudança amplia difusão de livros e periódicos
por Autor: 
Marco Cavalcanti

Parceria com a Scielo Livros facilita a disseminação das obras

 

A Editora da UFU (Edufu) está ficando cada vez mais digital e ofertando à comunidade e-books com download gratuito em sua página na Internet e na Scielo Books. A intenção, segundo o diretor da Edufu, Guilherme Fromm, professor do Instituto de Letras e Linguística (Ileel), é disponibilizar todo o catálogo nessa modalidade, potencializando a divulgação da produção científica da UFU e ampliando o acesso ao conhecimento, principalmente para a comunidade estudantil.

A parceria com a Scielo Books teve início no fim do ano passado. Os quatro primeiros títulos já estão disponíveis, enquanto outros estão sendo preparados para, em breve, serem publicados.

Já no site da Edufu, atualmente há 61 livros nesse formato. Mas, a tendência é aumentar esse número a cada ano, disponibilizando pouco a pouco as obras identificadas pelos mais de 500 ISBN (número do sistema internacional de identificação de livros) emitidos ao longo dos 39 anos de existência da editora.

O primeiro livro digital foi publicado ainda em 2015. Esse processo de mudança de paradigma do impresso para o digital – foi alavancado em 2017, com a publicação de 25 títulos.  

O diretor destaca que, com a adoção de submissões via edital, desde o ano passado, os novos livros serão publicados primeiro como e-book em PDF e, posteriormente, dependendo da demanda, poderão ser impressos. 

Conforme o edital de seleção para submissão de originais de obras oriundas de pesquisas, a Edufu tem plena iniciava e liberdade para escolha do suporte e por isso vai priorizar o suporte eletrônico online. 

“Estamos invertendo a ordem. Primeiro a gente fazia impresso e depois, por algum motivo, a gente podia fazer o digital. Agora é o contrário. Primeiro a gente faz o digital”, explica Fromm. A princípio, todos os livros poderão ser baixados gratuitamente. O leitor que desejar um exemplar impresso pagará apenas o preço de custo. 

Fromm: 'A ideia é que a gente trabalhe, daqui por diante, sempre com livro digital' (foto: Alexandre Costa)

"E nós estamos refazendo alguns contratos antigos, entrando em contato com os autores, pedindo permissão, fazendo um novo contrato e colocando essas obras também, todas digitais, no site da Edufu”, revela Fromm.

O diretor da Edufu aponta a divulgação das pesquisas como a principal vantagem para os autores. Isso porque, além da chancela de uma editora universitária, o livro estará em plataformas que facilitam a disseminação, como é o caso da Scielo Livros.

Entre as causas da mudança, afirma Fromm, estão o maior alcance da internet, mas também a redução de custos com armazenamento, pessoal e estocagem, por exemplo. “Primeiro, porque você corta um terço do custo. Segundo, porque está difícil o mercado livreiro no Brasil. As livrarias estão fechando não é à toa: é porque as pessoas não compram. Isso afeta as editoras universitárias também e não só as editoras comerciais”, argumenta.

Periódicos

A UFU tem hoje 39 periódicos acadêmicos chancelados pela Edufu. Além de promover cursos referentes ao uso do software livre OJS (de gerenciamento e publicação de periódicos científicos) para os editores e equipe técnica todo semestre, a Edufu ainda presta auxílio aos editores, com atendimento individualizado, fornecimento do DOI (Identificador de Objeto Digital - padrão para identificação de documentos em redes digitais) e fornecimento de número de ISSN junto ao Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT). 

Esse trabalho contribui para as revistas ficarem cada vez mais bem avaliadas no Qualis, da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). 

 

Av. João Naves de Ávila, 2121 - Campus Santa Mônica - Uberlândia - MG - CEP 38400-902

+55 34 3239-4411 | +55 34 3218-2111

© 2020. Universidade Federal de Uberlândia. Desenvolvido por CTI, com tecnologia Drupal