Skip to:

FacebookTwitterFlickrYoutubeFeed RSS

  • Aumentar
  • Diminuir
  • Normal

Current Size: 100%

06/04/2020 - 13:47 - Atualizado em 06/04/2020 - 13:48
A leishmaniose é um risco para os moradores de Uberlândia?
Estudante de Medicina conta, na seção "Leia Cientistas", como os pesquisadores da UFU pretendem responder a essa pergunta
por Autor: 
Portal Comunica UFU
Por: 
Mariana Giorgiani*

 

Imagem: Pixabay

 

A leishmaniose é uma doença infecciosa transmitida pela picada de mosquitos conhecidos como flebotomíneos. Ela pode ser de três tipos: cutânea, visceral ou mucocutânea.

Além disso, é importante lembrar que os cachorros podem ser reservatórios para a doença, ou seja, se eles forem picados pelo mosquito contaminado, o parasita fica ali esperando que outro mosquito pique para então contaminar os humanos.

Em 2008, Uberlândia teve o primeiro caso confirmado de leishmaniose visceral humana, e foi em uma criança de 6 meses de idade no bairro Ipanema. Na época foi confirmada a existência do vetor (mosquito que transmite a doença) e também a infecção em cachorros da região. Desde então, nenhum outro estudo foi feito.

Mas agora uma equipe de pesquisadores e estudantes da UFU está buscando saber qual a prevalência da leishmaniose visceral nos bairros Mansões do Aeroporto e Ipanema. Ou seja, quantos moradores dessa região estão contaminados com a leishmania (e nem sabiam)?

Mais de 300 moradores abriram as portas para a equipe e permitiram a coleta de sangue e também responderam a um questionário, que vai ajudar os pesquisadores e entender quanto que a população conhece sobre a doença. Nos próximos meses, os participantes terão retorno dos seus resultados e receberão uma cartilha sobre as medidas de prevenção e controle da leishmaniose visceral.

 

>>> SAIBA MAIS: Cartilha do Ministério da Saúde sobre a leishmaniose visceral

 

*Mariana Giorgiani é estudante do curso de Medicina da Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e graduada em Relações Públicas pela Faculdade Cásper Líbero.

 

 

A seção "Leia Cientistas" reúne textos de divulgação científica escritos por pesquisadores da Universidade Federal de Uberlândia (UFU). São produzidos por professores, técnicos e/ou estudantes de diferentes áreas do conhecimento. A publicação é feita pela Divisão de Divulgação Científica da Diretoria de Comunicação Social (Dirco/UFU), mas os textos são de responsabilidade do(s) autor(es) e não representam, necessariamente, a opinião da UFU e/ou da Dirco. Quer enviar seu texto? Acesse: www.comunica.ufu.br/divulgacao. Se você já enviou o seu texto, aguarde que ele deve ser publicado nos próximos dias.

 

 

Av. João Naves de Ávila, 2121 - Campus Santa Mônica - Uberlândia - MG - CEP 38400-902

+55 34 3239-4411 | +55 34 3218-2111

© 2020. Universidade Federal de Uberlândia. Desenvolvido por CTI, com tecnologia Drupal