Skip to:

FacebookTwitterFlickrYoutubeFeed RSS

  • Aumentar
  • Diminuir
  • Normal

Current Size: 100%

22/05/2020 - 11:38 - Atualizado em 23/05/2020 - 11:37
E-book 'Investigações em Saúde Coletiva' é lançado por docentes da UFU
Trabalho, que reúne pesquisas de estudantes e professores da graduação em Saúde Coletiva, pode ser baixado gratuitamente
Por: 
Eliane Moreira

O distanciamento social contribui com a redução da disseminação da Covid-19?

Será que a rotulagem, dos alimentos geneticamente modificados, pode interferir na escolha do consumidor?

As publicações em sites que abordam a utilização do Mikania Glomerata, conhecida como ‘guaco’, infuenciam o uso irracional da planta?

As capivaras do Parque do Sabiá podem representar risco para saúde pública?

Como está o trabalho de motoristas de ônibus coletivo urbano, em Uberlândia, após a retirada de cobradores?

Quais são as condições ergonômicas e sanitárias dos auxiliares de serviços gerais terceirizados que trabalham na Universidade Federal de Uberlândia?

Quais os  impactos do crescimento da frota e que ações de atenção e vigilância em saúde ambiental poderiam contribuir no direcionamnto dessas ações?

Qual a associação entre doença pulmonar obstrutiva crônica, aspectos sociodemográficos e epidemiológicos dos pacientes?

Qual o perfil epidemiológico e sociodemográfico, dos portadores de HIV/|Aids, atendidos em uma ONG no município de Uberlândia?

 

Ficou curioso? Estas foram algumas inquietações que, após avaliadas, resultaram em trabalhos científicos e, agora, estão disponbilizados no e-book intitulado Investigações em Saúde Coletiva. A publicação, um trabalho construído por estudantes e professores do curso de graduação em Saúde Coletiva da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), reúne nove capítulos, em 152 páginas. A organização ficou a cargo de três professores do Instituto de Geografia da UFU: Boscolli Barbosa Pereira, Jean Ezequiel Limongi e Vivianne Peixoto da Silva.

De acordo com a docente, a proposta do e-book, que está na primeira edição, é levar informação, por meio das pesquisas, e “auxiliar os estudantes com maior entendimento do que é o desafio do sanitarista, que é fazer investigações e avaliar o contexto que vivemos”. Outra intenção do livro, de acordo com Peixoto, é “dar visibilidade ao curso e às atividades feitas com os estudantes, entre elas, extensão e pesquisa dentro do campo que envolve saúde coletiva”.

O e-book foi publicado pela editora Fucamp, de Monte Carmelo, e está disponível gratuitamente em PDF paradownload. A graduação em Saúde Coletiva envolve diversas áreas, mas, especificamente nesta obra, foram trabalhadas três delas: saúde do trabalhador, saúde ambiental e epidemiologia.

 

O que faz o sanitarista?

O papel do sanitarista, profissional com formação na graduação em Saúde Coletiva, vai muito além do que imaginamos. Vivianne Peixoto salienta que ele precisa ter uma visão da saúde pública, enfatizando sua atuação dentro dos aspectos sociais, ambientais, econômicos, políticos e culturais. "O profissional deve ter clareza de todos esses âmbitos para que a atuação seja mais assertiva", sintetiza.

Av. João Naves de Ávila, 2121 - Campus Santa Mônica - Uberlândia - MG - CEP 38400-902

+55 34 3239-4411 | +55 34 3218-2111

© 2020. Universidade Federal de Uberlândia. Desenvolvido por CTI, com tecnologia Drupal